5.12.16

Uma motivação estranha

Tenho andado ausente do blog e fico um pouco triste pela minha ausência, mas quando me sinto com carga excessiva não consigo mesmo tirar um tempinho para vir aqui publicar. Embora não comente, eu às vezes (antes de me deitar) ainda tenho tempo para ler alguns blogs que gosto e é sempre bom.
Como sabem tive muitos testes seguidos, trabalhos para entregar... Bem preciso é de ar fresco por isso tenho que publicar!



É Dezembro... Um mês tão bonito! Um mês para ver a minha família, que saudades!!! Mas para mim, este ano, é aquele mês atarefado! É Dezembro...
Ai, custa tanto saber que basicamente não vou ter férias neste mês! Mas mesmo assim vou tirar aquele tempinho para estar com a minha família e para comer um bom polvo (amo polvo)!
Bem deveria dizer que chegar à minha família e dizer o quanto boas notas tenho era perfeito, mas não posso mentir, este ano está muito mau em notas.
Preciso de me aplicar ainda mais e motivação não falta, tanto da minha família como da minha outra família (família da pipoquinha). Mas hoje ainda tive a maior motivação! Todos os cursos têm uma cadeira complicada, aquela que quase ninguém faz... E digamos que tive a segunda melhor nota nessa cadeira. Querem saber o melhor? É estranho ficar feliz... Afinal só tive 7,62! Mas a nota mínima é 5 e fui apenas um dos três que têm direito a ir ao segundo exame. Este feito, entre dezenas de alunos é sem dúvida uma motivação! Temia e temo, mas ainda tenho oportunidade de fazer este cadeirão! Oportunidade que muitos não terão...

Haverá mais Limão, mas com Uva! Um daqueles